Avançar para o conteúdo principal

00 Seeds

00 Seeds
Medical Strains

Variedades tradicionais

Variedades tradicionais, puras ou até landrace, existe mais que uma maneira de as catalogar.

Colombia Mango Biche

Essas variedades ofereceram-nos tudo que temos hoje, pois serviram de base para  as novas variedades comerciais.

Ao ser tão selvagens, algumas de quase impossível domesticação principalmente para interior, foram trabalhadas pela mão do homem para se adaptar aos mais diversos tipos de cultivo.

México - Jarilla Sinaloa 

São donas de uma incrível variação de genes, ao contrário do breeding atual o breeding feito pela natureza confere a essas variedades uma ilimitada carga genética, passamos a explicar:

O breeding que ocorre na natureza é chamado de polinização aberta, muitas vezes uma planta fêmea recebe pólen de mais do que um macho e dessa maneira cria uma nova geração carregada de diferentes expressões dentro dessa mesma ilimitada carga genética.

Malawi


Isso acontece não só com a força do vento, mas também com a ajuda de insetos, muito antes do humano meter a mão pelo meio.

A planta também parece ter sido elaborada com a ideia de poder ser trabalhada por mão humana, já que a maioria das plantas têm os dois sexos, e a Cannabis é das poucas que possui plantas fêmea e plantas macho, que entretanto nos brindou com possibilidades ilimitadas de cruzamentos entre diferentes linhas.

Algumas famosas raças selvagens são Colombia Mango biche, Panama, Ghana, México - Jarilla Sinaloa, Pakistan Chitral Kush, Malawi e até a planta de hashish de Marrocos a kifi.

Normalmente são variedades menos produtivas que os híbridos que o cultivador comum está habituado, são mais difíceis de cultivar, mas, brindam-nos com perfis de Cannabinóides únicos, e só temos a agradecer a quem as conservou para que quando a legalização chegue qualquer um possa cultivar-las.

Em artigos seguintes vamos explorar raça por raça, e tentar entender um pouco mais sobre estas curiosas e selvagens genéticas.

Fotos: Cannabiogen e ACE Seeds

Comentários

Vaponic

Mensagens populares deste blogue

Como eliminar o THC do seu organismo

Este é um tema que pode ainda prejudicar muita gente, e acima de tudo é a hipocrisia a reinar, se o seu patrão mandar fazer uma análise e acusar nicotina substância que mata todos os anos sem precedentes, e até álcool se tiver dentro dos padrões não lhe acontece nada, porém se acusar THC a história é outra.

Tudo o que consumimos fica "preso" ao nosso organismo, e o THC não é exceção, ele sai de maneira natural mas precisa de um limite de tempo, já que se agarra às matérias gordas.

Ele permanece uns sete dias no nosso organismo, mas ao fim desses sete dias ainda se podem encontrar uns cinquenta por cento.

Para o eliminar deixamos algumas técnicas abaixo:

Aumente a ingestão de líquidos, água ou por exemplo chá verde que é um desintoxicante natural podem ajudar a que os níveis baixem e possam ser considerados negativos. As bebidas energéticas pode confundir o teste ao adicionar um monte de novas substâncias, porém este tipo de bebidas não é muito saudável.

Durante o dia  prévi…

Guia Cultivo Automáticas

Vamos falar um pouco sobre automáticas.
Auto-Flower, como o nome indica, a floração acontece automaticamente, sem necessitar de reduzir o número de horas de luz.
Quando elas apreceram pela primeira vez, ninguém as achava boas, e na verdade não eram grande coisa, mas tinham algo rico nos seus genes, porém eram muito baixas e pouco produtivas.
Os seus genes não davam para esquecer o assunto, e então, começou uma nova revolução verde, começaram os trabalhos de hibridação, testes, cruzes infinítos etc.
A medida que o tempo passou, e as automáticas foram parar ás mãos de cultivadores que sabem o que fazem, começou a segunda parte da revolução automática, com bons resultádos, e com um pouco de bom marketing as automáticas passaram de plantas sem interesse, a top de vendas.


Como não necessitam de redução do horário de luz, são mais resistentes a temperaturas frias, e estam prontas num tempo record, tornaram-se as plantas perfeitas para os cultivadores inexperientes.
Fáceis de alimentar, na …

STS - como obter apenas sementes fêmea Parte 1

Nota: O Medicinal Stars não se responsabiliza pela má utilização da informação aqui contida, somos uma página para adultos, sobre a cultura da Cannabis, use a informação com bom senso.

Como vem sendo normal, tentamos abordar os temos que mais ninguém aborda em Portugal, ou em língua Portuguesa.
Desta vez o nosso novo colaborador, de nick name Shariff vai-nos ensinar a obter sementes fêmea (100%).  Não tente replicar em casa, ou se o fizer, não faça sem ser de modo seguro (uso de luvas e óculos de proteção). Um muito obrigado da nossa parte por nos ensinar este passo.



Olá, sou o Shariff e venho aqui com uma espécie de revisão da matéria, de um tópico já concluído. O objectivo da experiência era fazer sementes feminizadas, com o método de aplicação de STS, neste caso partindo de sementes automáticas regulares, num cultivo exterior, mas funciona igual com foto dependentes tanto no exterior como em interior, no entanto, em interior é sempre mais seguro (evitamos contaminação de pólen de c…