Avançar para o conteúdo principal

00 Seeds

00 Seeds
Medical Strains

Club Vs Dispensário



Vamos analisar um pouco as duas opções que de momento estão a funcionar legalmente ainda que estejam a ser desenvolvidas em Países diferentes e vamos tentar perceber qual a melhor.

Aqui ao lado na vizinha Espanha temos os famosos Clubs (CSC) que funcionam da seguinte forma : O Clube cultiva ou compra a produtores para depois vender ao consumidor final, o consumidor precisa ser maior de idade, ter residência em Espanha e cumprindo esses requisitos recebe um cartão de membro onde paga uma cota e tem que carregar o cartão para fazer as compras, por lei apenas pode consumir dentro do espaço já que sair e for abordado e interceptado com erva já não é tão simples.

Por outro lado temos o Dispensário que opera nos estados legais dos Estados Unidos: esta versão é do estilo loja, dependo de lugar para lugar antes de entrar na loja precisa mostrar a recomendação medica nos lugares onde apenas está legal a nível medicinal e nos outros lugares precisa também mostrar a identidade para o "porteiro" se certificar que é maior de idade. Depois disso é como ir a uma loja de conveniência, tem um empregado que o ajuda a escolher a melhor opção para o que realmente procura estilo atendimento personalizado para cada pessoa já que todos buscam algo em especial para a sua condição. A pessoa finaliza a compra e deixa a loja para posteriormente consumir em casa ou noutro local.

Ainda que saibamos que ambas as operações têm o mesmo fim, aos olhos das pessoas desinformadas não é bem assim. Para quem acha a substância uma coisa muito má a ideia de um clube pode parecer estranha, ou seja, um local onde se junta um monte de consumidores, onde os demais não podem observar e quanto muito podem julgar ou tirar conclusões precipitadas, e este é um dos aspetos que no nosso ponto de vista prejudica a ideia de um Club.

Por outro lado o Dispensário parece uma operação mais limpa, de fácil acesso a mentes mais atrasadas, funciona como uma loja normal onde a pessoa compra um produto regulado e vai posteriormente a sua vida. Não tem um ajuntamento de pessoas a consumir uma substância que muitos julgam extremamente má ainda que não o seja. Os clientes ao poderem obter uma recomendação médica é mais um ponto a favor, apesar de muitas pessoas pensarem que isso é algum tipo de farsa ou desculpa para poder consumir erva a verdade é que a mesma tem vindo a ajudar muita gente.

Então, se hoje houvesse a opção para votarmos num dos dois modelos para poder funcionar em Portugal seria o Dispensário. Pensamos que o mesmo é a versão mais suave perante os olhos de uma população pouco ou nada informada.

Comentários

Vaponic

Mensagens populares deste blogue

Como eliminar o THC do seu organismo

Este é um tema que pode ainda prejudicar muita gente, e acima de tudo é a hipocrisia a reinar, se o seu patrão mandar fazer uma análise e acusar nicotina substância que mata todos os anos sem precedentes, e até álcool se tiver dentro dos padrões não lhe acontece nada, porém se acusar THC a história é outra.

Tudo o que consumimos fica "preso" ao nosso organismo, e o THC não é exceção, ele sai de maneira natural mas precisa de um limite de tempo, já que se agarra às matérias gordas.

Ele permanece uns sete dias no nosso organismo, mas ao fim desses sete dias ainda se podem encontrar uns cinquenta por cento.

Para o eliminar deixamos algumas técnicas abaixo:

Aumente a ingestão de líquidos, água ou por exemplo chá verde que é um desintoxicante natural podem ajudar a que os níveis baixem e possam ser considerados negativos. As bebidas energéticas pode confundir o teste ao adicionar um monte de novas substâncias, porém este tipo de bebidas não é muito saudável.

Durante o dia  prévi…

Guia Cultivo Automáticas

Vamos falar um pouco sobre automáticas.
Auto-Flower, como o nome indica, a floração acontece automaticamente, sem necessitar de reduzir o número de horas de luz.
Quando elas apreceram pela primeira vez, ninguém as achava boas, e na verdade não eram grande coisa, mas tinham algo rico nos seus genes, porém eram muito baixas e pouco produtivas.
Os seus genes não davam para esquecer o assunto, e então, começou uma nova revolução verde, começaram os trabalhos de hibridação, testes, cruzes infinítos etc.
A medida que o tempo passou, e as automáticas foram parar ás mãos de cultivadores que sabem o que fazem, começou a segunda parte da revolução automática, com bons resultádos, e com um pouco de bom marketing as automáticas passaram de plantas sem interesse, a top de vendas.


Como não necessitam de redução do horário de luz, são mais resistentes a temperaturas frias, e estam prontas num tempo record, tornaram-se as plantas perfeitas para os cultivadores inexperientes.
Fáceis de alimentar, na …

STS - como obter apenas sementes fêmea Parte 1

Nota: O Medicinal Stars não se responsabiliza pela má utilização da informação aqui contida, somos uma página para adultos, sobre a cultura da Cannabis, use a informação com bom senso.

Como vem sendo normal, tentamos abordar os temos que mais ninguém aborda em Portugal, ou em língua Portuguesa.
Desta vez o nosso novo colaborador, de nick name Shariff vai-nos ensinar a obter sementes fêmea (100%).  Não tente replicar em casa, ou se o fizer, não faça sem ser de modo seguro (uso de luvas e óculos de proteção). Um muito obrigado da nossa parte por nos ensinar este passo.



Olá, sou o Shariff e venho aqui com uma espécie de revisão da matéria, de um tópico já concluído. O objectivo da experiência era fazer sementes feminizadas, com o método de aplicação de STS, neste caso partindo de sementes automáticas regulares, num cultivo exterior, mas funciona igual com foto dependentes tanto no exterior como em interior, no entanto, em interior é sempre mais seguro (evitamos contaminação de pólen de c…