Avançar para o conteúdo principal

00 Seeds

00 Seeds
Medical Strains

Possível modelo de cultivo em Portugal #1

Neste seguimento de mensagens vamos apresentar possíveis modelos de cultivo regulado em Portugal.


Não nos vamos basear em copiar nenhum modelo já existente em qualquer outro lugar, mesmo que possamos retirar alguma pequena ideia dos mesmos.
Na minha opinião, cada País é um País, as coisas funcionam de maneira diferente, e temos pessoas muito competentes para montar os nossos próprios modelos.

Ao contrário de muitas experiências, o nosso Governo teria que usar parte das receitas obtidas para montar um gabinete nas diferentes cidades, ou no mínimo Norte, Centro e Sul, para que tudo funciona-se em pleno, esse gabinete teria que prestar e tratar de todas as documentações, assim como prestar qualquer outro apoio técnico aos cultivadores ou restantes envolvidos no processo.

Nesta primeira entrega, como não podia ser de outra forma, apresentamos a regulação do cultivador privado que se quer auto abastecer, pois sem essa liberdade não vale a pena avançar, trata-se de um direito pessoal, de uma liberdade que está restrita por motivos sócio económicos que teria que ser a primeira a ser libertada.

Regular o cultivador privado seria das tarefas mais fáceis deste ainda grande processo, para isso teria claro que se estabelecer um número máximo de plantas que o mesmo poderia ter (Ex: 10 plantas) , essas 10 plantas estariam suportadas legalmente pela regulação e em qualquer momento o poderiam levar à cadeia.

Mesmo que eu pessoalmente não concorde a 100% com isso, pois acho que se alguém quer ter uma planta para cultivo pessoal o devia poder fazer livremente, mas aceita-se que o mesmo possa ter que pagar uma cota (Trimestral ou mesmo anual) , cota que iria permitir a criação de um gabinete de regulação por parte do Governo para que como dito antes, as coisas funciona-sem em pleno.


O cultivador privado contribui ainda para o desenvolvimento do País com:

  • Pagamento da luz
  • Pagamento da água
  • Compras várias (terra, fertilizantes, inseticidas, vasos, entre outros)
  • Não financiamento do crime organizado

Qual a maior contribuição para o País por parte do cultivador privado?

Não seria a cota, não seriam os impostos, mas sim retirar dinheiro aos traficantes, deixando-os mais fracos a cada dia, sem poder de ação, obrigando-os assim a mudar de "área".

Nas próximas mensagens vamos dar continuidade a possíveis modelos de regulação para diferentes tipos de integrantes. (Ex: pequenos produtores, Cultivo coletivo etc)

Imagens: Google

Comentários

Enviar um comentário

Não serão permitidos quaisquer insultos ou faltas de respeito. Use o seu bom senso.

Vaponic

Mensagens populares deste blogue

Como eliminar o THC do seu organismo

Este é um tema que pode ainda prejudicar muita gente, e acima de tudo é a hipocrisia a reinar, se o seu patrão mandar fazer uma análise e acusar nicotina substância que mata todos os anos sem precedentes, e até álcool se tiver dentro dos padrões não lhe acontece nada, porém se acusar THC a história é outra.

Tudo o que consumimos fica "preso" ao nosso organismo, e o THC não é exceção, ele sai de maneira natural mas precisa de um limite de tempo, já que se agarra às matérias gordas.

Ele permanece uns sete dias no nosso organismo, mas ao fim desses sete dias ainda se podem encontrar uns cinquenta por cento.

Para o eliminar deixamos algumas técnicas abaixo:

Aumente a ingestão de líquidos, água ou por exemplo chá verde que é um desintoxicante natural podem ajudar a que os níveis baixem e possam ser considerados negativos. As bebidas energéticas pode confundir o teste ao adicionar um monte de novas substâncias, porém este tipo de bebidas não é muito saudável.

Durante o dia  prévi…

Guia Cultivo Automáticas

Vamos falar um pouco sobre automáticas.
Auto-Flower, como o nome indica, a floração acontece automaticamente, sem necessitar de reduzir o número de horas de luz.
Quando elas apreceram pela primeira vez, ninguém as achava boas, e na verdade não eram grande coisa, mas tinham algo rico nos seus genes, porém eram muito baixas e pouco produtivas.
Os seus genes não davam para esquecer o assunto, e então, começou uma nova revolução verde, começaram os trabalhos de hibridação, testes, cruzes infinítos etc.
A medida que o tempo passou, e as automáticas foram parar ás mãos de cultivadores que sabem o que fazem, começou a segunda parte da revolução automática, com bons resultádos, e com um pouco de bom marketing as automáticas passaram de plantas sem interesse, a top de vendas.


Como não necessitam de redução do horário de luz, são mais resistentes a temperaturas frias, e estam prontas num tempo record, tornaram-se as plantas perfeitas para os cultivadores inexperientes.
Fáceis de alimentar, na …

STS - como obter apenas sementes fêmea Parte 1

Nota: O Medicinal Stars não se responsabiliza pela má utilização da informação aqui contida, somos uma página para adultos, sobre a cultura da Cannabis, use a informação com bom senso.

Como vem sendo normal, tentamos abordar os temos que mais ninguém aborda em Portugal, ou em língua Portuguesa.
Desta vez o nosso novo colaborador, de nick name Shariff vai-nos ensinar a obter sementes fêmea (100%).  Não tente replicar em casa, ou se o fizer, não faça sem ser de modo seguro (uso de luvas e óculos de proteção). Um muito obrigado da nossa parte por nos ensinar este passo.



Olá, sou o Shariff e venho aqui com uma espécie de revisão da matéria, de um tópico já concluído. O objectivo da experiência era fazer sementes feminizadas, com o método de aplicação de STS, neste caso partindo de sementes automáticas regulares, num cultivo exterior, mas funciona igual com foto dependentes tanto no exterior como em interior, no entanto, em interior é sempre mais seguro (evitamos contaminação de pólen de c…